OK
BioLux 360° UVGI Plus

BioLux 360° UVGI Plus

Desinfecção rápida de ar e ambientes com tecnologia UVGI.

Pré Lançamento -  BioLux 360° é um sistema de Desinfecção UVGI, projetado pela Labnews, para apefeiçoar os processos  desinfecção do ar e superfícies, complementando e integrando com os processo de limpeza e desinfeção manuais.
 
Após a conclusão do processo de limpeza/desinfecção, o sistema é empregado para entregar automaticamente uma dose de irradiação ultravioleta germicida (UVGI)* de acordo com programa selecionado.
 *A irradiação germicida ultravioleta (UVGI) é definida como o uso de comprimentos de onda ultravioleta (UV) na faixa germicida (200-320 nm) para a desinfecção do ar e das superfícies. O termo 'UVGI' foi originalmente cunhado pela Comissão Internacional de Iluminação (CIE) e adotado posteriormente pelos Centros de Controle de Doenças (CDC).

A implementação do procedimento padrão de limpeza e desinfecção com a integração do tratamento UVC teve resultados eficazes tanto na redução de falhas de higiene quanto no controle da contaminação ambiental por microrganismos de alta periculosidade”
 
https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/31554297/
Evaluation of an Ultraviolet C (UVC) Light-Emitting Device for Disinfection of High Touch Surfaces in Hospital Critical Areas

O equipamento BioLux 360° da Labnews emite alta dose de irradiação UVC, com frequência de 253,7nm (nanometros) num angulo de 360°  permitindo rápido tratamento das áreas prevenindo falhas que podem ocorrer na desinfeção manual.
Os quartos, salas cirúrgicas e outros locais podem ser reocupados imediatamente, não produz ozônio ou contaminantes secundários.

O sistema é eficaz contra vários microrganismos, de acordo com a dose aplicada, como por exemplo*:
  • Vírus.
  • Staphylococcus aureus.
  • Pseudomonas aeruginosa.
  • Salmonella choleraesuis.
  • Staphylococcus aureus (MRSA).
  • Esporos bacterianos.

O sistema de desinfecção de Ar e Superfície Biolux 360° deve ser usado como um complemento e não como um substituto dos protocolos de limpeza e desinfecção terminal.

Pode ser validado através de integradores de processo, que identifica por mudança de cor quando a dose biocida é atingida no ambiente.

Permite ciclos de desinfecção em pouco tempo.
Por exemplo: o tratamentos de uma área de 16  m2 ocorre 5 minutos, com uma dose biocida de 70 mJ/cm2 (programa de bactérias) selecionado - raio de 3 metros do equipamento.

Características técnicas

BioLux 360°é um equipamento móvel microprocessado e consistindo em uma torre refletiva de aço inox e aluminio, com distribuição simétrica  de  lampadas UVC de alta tecnologia, montado em uma Base com rodízios de grande diâmetro fácil de manobrar entre os ambientes da unidade de saúde e outros ambientes.
A unidade é equipada com  microprocessador, impressora e tela LCD.
Permite a rastreabilidade do processo registrando os dados: hora, programa, usuário, sala e tipo de programa escolhido,tempo do processo e alarmes ocorridos.
O equipamento calcula automáticamente a dose Biocida de acordo com área a ser tratada e programa selecionado (bactéria ou esporos bacterianos)
Possui alarmes com  sensores de movimento  de 360° para prevenir o uso com pessoas no ambiente,  avisos de manutenção preventiva, alames sonoros e impressos do ciclo, etc.

Modo de Uso
O ambiente deve estar limpo, sem presença de pessoas na Sala, as áreas a serem desinfetadas devem ser expostas a irradiação UVC, dentro das dimensões dos programa selecionado, A tecnologia UVGI é de linha de visão, se e a área não for exposta esta não será desinfetada.
A labnews define protocolos para melhor posisicionamento do equipamentos.

*Eficácia:
 A ação Biocida do Sistema de desinfecção BioLux 360 UVGI pode ser validado contra as bactérias Staphylococcus aureus, Pseudomonas aeruginosa e Salmonella choleraesuis e outras.

Existem muitos estudos científicos que indicam a dose de irradiação UVC para morte microbiana de inúmeros microrganismos.

Estão disponíveis testes integradores que indicam com mudança de cor quando a dose biocida é atingida.

Artigos Científicos Internacionais:

Decontamination of Targeted Pathogens from Patient Rooms Using an Automated Ultraviolet-C Emitting Device. Publication Infection Control & Hospital Epidemiology, May 2013: Vol. 34, No. 5
Deverick J. Anderson, MD, MPH;1,2 Maria F. Gergen, MT (ASCP);3 Emily Smathers, MPH;2 Daniel J. Sexton, MD;1,2 Luke F. Chen, MBBS, MPH;1,2 David J. Weber, MD, MPH;3,4 William A. Rutala, PhD, MPH;3,4 CDC

Prevention Epicenters Program Implementation Lessons Learned from the Benefits of Enhanced Terminal Room (BETR) Disinfection Study: Process and Perceptions of Enhanced Disinfection with Ultraviolet Disinfection Devices Publication Infection Control & Hospital Epidemiology, 2018: 1-7

Deverick J. Anderson, MD;1 Lauren P. Knelson, MSPH;1 Rebekah W. Moehring, MD, MPH;1,3 Sarah S. Lewis, MD, MPH;1 David J. Weber, MD, MPH;2 Luke F. Chen, MBBS, MPH;1 Patricia F. Triplett, MD;2,4 Michael Blocker, MD;8 Yuliya Lokhnygina, PhD;9 William A. Rutala, PhD;2 Daniel J. Sexton, MD1 for the CDC Prevention Epicenters Program